Asiana Airbus A380
Foto - Hyeonwoo Noh

A companhia aérea sul-coreana Korean Air disse na segunda-feira (16/11), confirmando as especulações, que vai comprar sua concorrente Asiana Airlines em um acordo de US$ 1,6 bilhão.

“A principal razão por trás da decisão da Korean Air de adquirir a Asiana Airlines neste momento é estabilizar a indústria de aviação coreana, que está sofrendo com a pandemia Covid-19”, disse a Korean Air em um comunicado.

“Assim que a Korean Air concluir a aquisição da Asiana Airlines, espera-se que a companhia seja classificada como uma das 10 maiores companhias aéreas do mundo.”

Continua depois do anúncio

A Korean Air disse que pagaria 1,8 trilhão de won pela Asiana, usando o dinheiro de uma emissão de direitos de 2,5 trilhões de won no início do próximo ano.

O negócio também inclui as subsidiárias da Asiana, incluindo as companhias aéreas de baixo custo Air Seoul e Air Busan.

Foto – Divulgação

“Considerando que a situação financeira da Korean Air também pode ser ameaçada se a situação do COVID-19 for prolongada, é inevitável reestruturar o mercado doméstico de aviação para aumentar sua competitividade e minimizar a injeção de fundos públicos”, acrescentou o comunicado da Korean Air.

Continua depois do anúncio

A Asiana sofre com problemas financeiros há anos, que levaram a controladora Kumho Industrial a colocar sua participação de 31 por cento à venda no ano passado, devido à pressão de seus credores.

Um acordo anterior com uma construtora sul-coreana, a HDC Hyundai Developer, para adquirir a Asiana fracassou em setembro, quando a pandemia atingiu a indústria da aviação.

A Asiana informou perdas operacionais de 268 bilhões de won nos primeiros seis meses deste ano, com suas dívidas subindo para 11,5 trilhões de won, ou 11 bilhões de dólares.

Continua depois do anúncio

O principal credor da Asiana, o Korea Development Bank (KDB) já realizou aportes financeiros para ajudar a companhia a se manter em operação. O KDB comentou sobre o interesse do Hanjin Group.

Em 2019, as receitas da Korean Air resultaram em 12,68 trilhões de won (US$ 11,38 bilhões), enquanto as receitas da outra companhia foram de 2,18 trilhões de won (US$ 1,95 bilhões).

 

Continua depois do anúncio