LATAM
A350 sendo rebocado para o hangar de manutenção da LATAM.

A LATAM informa que, desde 9/1/22, em função do aumento de casos de Covid-19 e de Influenza, precisou cancelar no Brasil cerca de 6% dos voos domésticos e internacionais programados pela companhia dentro e de/para o País nos meses de janeiro e fevereiro de 2022. 

A companhia divulgou uma nova lista, onde lista centenas de voos cancelados entre os dias 24 a 28 de fevereiro, alegando que o estado de saúde dos tripulantes impôs novamente tal condição.

“A LATAM lamenta essa situação totalmente alheia à sua vontade e não está medindo esforços para comunicar diariamente a todos com a maior antecedência possível”, disse a companhia em nota.

A companhia diz que tem tem comunicado os clientes por meio dos seus perfis nas redes sociais, e-mail, SMS, WhatsApp, pelo canal Minhas Viagens em latam.com e também por meio da imprensa.

Confira Clicando Aqui a lista dos voos cancelados nos próximos dias.

 

O que o cliente da LATAM deve fazer?

Antes de se dirigir ao aeroporto, é importante que o cliente confira o status do seu voo diretamente em latam.com. Caso o seu voo tenha sido alterado, o cliente deve realizar o login no site da LATAM e acessar Minhas Viagens > Administrar suas viagens. Neste campo, pode remarcar a sua viagem sem multa e diferença tarifária ou solicitar o reembolso da passagem sem multa.

A LATAM permanece reforçando as medidas de segurança e higiene em toda a sua operação e obedecendo os protocolos da Organização Mundial da Saúde (OMS) e das autoridades sanitárias dos países onde atua. Em todos os voos é obrigatório o uso de máscara durante toda a viagem (confira aqui as máscaras permitidas).

A LATAM permite que cliente que tenha adquirido passagem aérea diretamente com a companhia e que tenha sido diagnosticado com covid-19 remarque uma vez a data da sua viagem sem multa, mas pagando diferença tarifária (se houver).

A flexibilidade é assegurada mediante a apresentação de teste RT-PCR ou antígeno positivo ou declaração simples de contato próximo ou documento da autoridade de saúde local. Nestes casos, o cliente poderá remarcar o voo para 14 dias após o diagnóstico da doença. Se desejar remarcar para antes desse período, precisará apresentar novo teste RT-PCR ou antígeno negativo para viajar.

Caso tenha adquirido a sua passagem em agências de viagens, o cliente deve procurar a mesma para buscar a sua alteração. Todas as regras comerciais especiais da LATAM estão descritas em https://www.latam.com/pt_br/experiencia/coronavirus/.

Para viagens internacionais, a LATAM orienta que os clientes consultem com antecedência, em Requisitos para Viajar, todas as regras do país de destino da sua viagem. Outra importante fonte de informação ao viajante é a central de informações da IATA (International Air Transport Association).