Foto - Airbus/Divulgação

O Grupo LATAM Airlines S.A. apresentou nesta última segunda-feira (08/04) as suas estatísticas preliminares de tráfego para março de 2019, incluindo o comparativo com o mesmo mês de 2018.

No mercado doméstico brasileiro a demanda diminuiu 0,8%, enquanto a oferta teve uma queda de 1,2%. Isso resultou em um aumento de 0,3 p.p. na taxa de ocupação, que alcançou 80,6%.

No resto da América Latina a demanda de passageiros, medida em passageiros por quilômetro voado (RPK), aumentou 5,7%, enquanto a oferta teve um incremento de 7,4%. Como resultado, a taxa de ocupação para o mês teve redução de 1,4 ponto percentual, alcançando 82,8%.

O tráfego internacional de passageiros representou, aproximadamente, 59% do tráfego total de passageiros (RPK) no mês, com crescimento de 8,0% na demanda, 11,0% na oferta de assentos e diminuição de 2,4 p.p. na taxa de ocupação dos assentos, que registrou 84,4%.

Os números do tráfego internacional de passageiros são de todas as filiais da LATAM, contabilizando também a LATAM Brasil.