LATAM Cargo anuncia voos diários entre América do Sul e Europa para fornecer maior capacidade a seus clientes

Foto - Wikipédia

Para enfrentar os efeitos que a COVID-19 gerou no setor aéreo, envolvendo o cancelamento de voos internacionais de passageiros e a consequente restrição da oferta de cargas, a LATAM Cargo efetuou modificações em sua operação global, em seus mercados domésticos e internacionais. Com isso, busca aumentar o uso de sua frota de carga e gerar maior capacidade para mitigar o impacto aos seus clientes.

 Nesta ocasião, a LATAM Cargo anuncia modificações em seu itinerário para fortalecer sua oferta entre a América do Sul e a Europa. Especificamente, acrescentou uma sétima frequência semanal em sua operação, totalizando um aumento de 40% em sua oferta em relação ao período anterior à pandemia.

“A redução drástica nas operações de passageiros impactou significativamente as opções de transporte aéreo disponíveis para os nossos clientes. Isso é particularmente significativo para clientes que confiaram na frequência e no menor custo da capacidade de carga. Para dar suporte a todas as cadeias de suprimentos, e muito especificamente àquelas que lidam com assistência, estamos nos concentrando em adicionar mais capacidade em rotas críticas. Proporcionar um voo diário entre a Europa e a América Latina é uma prova tangível desse compromisso”, afirma Andrés Bianchi, CEO do Grupo LATAM Cargo.

 Com o novo itinerário, Amsterdã, capital da Holanda, torna-se a principal porta de entrada para o continente europeu, beneficiando exportadores latino-americanos de produtos perecíveis, como no caso de produtos do Chile, Peru, Equador, Guatemala e Brasil, embora a rota esteja disponível para todos os interessados.

 As rotas de retorno terão origem em Frankfurt, na Alemanha, cidade de onde serão exportados equipamentos e suprimentos médicos, artigos eletrônicos, autopeças e carga geral, entre outros tipos de embarque destinados à América do Sul. Além disso, a LATAM Cargo diversificou os pontos de entrada para a região ao chegar ao aeroporto de São Paulo/Guarulhos três vezes por semana.

A LATAM Cargo também realizou reformulações em sua oferta entre a América do Norte e a América do Sul para satisfazer aos clientes nesses mercados. Recentemente, anunciou um aumento de 15% em sua oferta de Miami para a América do Sul, passando de 23 para 26 frequências semanais, e diversificou sua oferta para a região.

Foto – LATAM/Divulgação

Outra medida adotada pela companhia foi fortalecer sua conectividade na América, adicionando as suas redes as cidades de Los Angeles (Estados Unidos) e Cidade do México (México), como destinos exclusivos para voos de carga de e para a América do Sul.


Por outro lado, e para oferecer uma solução robusta aos exportadores de salmão do Chile, a empresa quintuplicou sua oferta a partir de Santiago com destino a Miami, atingindo 31 frequências semanais.

Via: Assessoria Latam Cargo

DEIXE UMA RESPOSTA