A LATAM vai operar alguns voos por semana entre São Paulo e Santiago (Chile) com um Boeing 777 alugado através da Boeing.

O Boeing 777 será usado pelo menos quatro vezes por semana nessa rota, durante o mês de outubro, anteriormente esse voo era realizado com um Airbus A321.

Em nota a LATAM disse: “Durante o mês de outubro, o Grupo Latam Airlines vai operar um Boeing 777 arrendado da Boeing Capital, com tripulação de cabine da Latam, em até quatro de suas 51 frequências semanais na rota entre São Paulo-Guarulhos e Santiago.

Os clientes impactados estão sendo notificados sobre esta mudança temporária, que integra uma série de medidas tomadas pela Latam nos últimos meses para proteger as viagens dos seus passageiros, além de minimizar as interrupções causadas pelos atrasos do programa de manutenção preventiva da Rolls-Royce para os motores Trent 1000.

O motor Trent 1000 equipa as 24 aeronaves Boeing 787 Dreamliner da Latam e mais de 25% dos aviões deste modelo em todo o mundo. No ano passado, os atrasos no programa de manutenção da Rolls-Royce afetaram a disponibilidade operacional do Boeing 787 para a Latam e para mais de 15 outras companhias aéreas. É importante ressaltar que a manutenção desses motores é uma medida preventiva e não representa um risco à segurança.

A Latam segue trabalhando em colaboração direta com a Rolls-Royce para mitigar qualquer impacto. Depois de um pico de 13 aeronaves fora de serviço no mês de junho, o Grupo Latam registra atualmente quatro unidades do Boeing 787 fora de serviço para manutenção e espera retomar as operações normais de toda a sua frota até o final deste ano.”

A companhia chilena está operando com essa aeronave desde julho, quando alugou o avião para substituir o Boeing 787, que estava com problemas para voar devido ao motor Rolls-Royce Trent 1000, os famosos defeitos de desgaste precoce.