LATAM pode demitir quase 34% dos seus tripulantes

Foto - Airbus/Divulgação

Em uma transmissão ao vivo realizada pelo Sindicato dos Aeronautas do Brasil, na noite desta última quarta-feira (03), a LATAM supostamente informou que está com um excedente de 34% de funcionários durante a sua recuperação de mercado.

Considerando o quadro de quase 8300 tripulantes que a companhia têm atualmente, o excedente total é de 2800 funcionários relacionados à tripulação de aeronaves.

A LATAM informou ao SNA que pretende demitir cerca de 700 pilotos e 2060 comissários de bordo nos próximos meses, seja através de LNR (Licença Não Remunerada), aposentadorias e demissões voluntários ou involuntárias.

De acordo com a LATAM, e conversas com o sindicato, essas mudanças no quadro de funcionários podem proporcionar para a companhia um fôlego extra na sua recuperação de mercado, com uma LATAM mais forte no futuro, capaz de contratar novamente todos esses profissionais.

Outras companhias aéreas do mercado doméstico, como a GOL e a Azul, também consideram uma redução do quadro de funcionários, mas por enquanto sem nada firmado com o SNA.

O Grupo LATAM, que está em Recuperação Judicial, não prevê uma rápida retomada da demanda, sendo que a capacidade de 40 a 50% dos voos operados anteriormente só deverá ser atingida em dezembro deste ano. Além disso, o Grupo já prevê a devolução de aeronaves para reduzir os custos com leasing.

 

Veja a transmissão ao vivo do SNA no vídeo abaixo:


DEIXE UMA RESPOSTA