O Grupo LATAM Airlines S.A. e suas filiais (“Grupo LATAM Airlines” ou “a Companhia”) informou as suas estatísticas preliminares de tráfego para dezembro de 2018, incluindo o comparativo com o mesmo mês de 2017.

No mercado doméstico brasileiro a companhia alcançou um crescimento de 1,4% na demanda, e aumentou a oferta em 1,8% em dezembro. No acumulado do ano a LATAM obteve um crescimento da demanda na ordem de 1,8% e um aumento na oferta de 3,7%.

Com isso no mercado doméstico brasileiro a companhia teve uma queda de 0,4 p.p em dezembro, atingindo 84,7% de ocupação. No acumulado do ano a queda da taxa de ocupação foi mais acentuada, pelo excesso de oferta, com decaimento de 1,5 p.p. atingindo 81,2%.

Os valores de ocupação, mesmo assim, ainda são animadores, e provam que a LATAM consegue encher mais as suas aeronaves do que a Azul e a GOL.

Em todo o resto do grupo a demanda de passageiros aumentou 5,5%, enquanto a oferta teve um incremento de 6,2%. Como resultado, a taxa de ocupação para o mês teve redução de 0,6 ponto percentual, alcançando 83,5%. O tráfego internacional de passageiros representou, aproximadamente, 56% do tráfego total de passageiros no mês.

 

A seguinte tabela resume as estatísticas operacionais do mês e do acumulado do ano para as principais unidades de negócio da LATAM.