Foto - LATAM/Divulgação

Nesta semana, a partir de quarta-feira (13/02) a LATAM vai implementar em todos os seus voos internacionais a escolha de assentos a partir do pagamento de uma taxa, em vigor para as tarifas “Promo” e “Light”, que são utilizadas na classe econômica.

Em voos para os Estados Unidos, Europa e Ásia, o valor cobrado é de US$ 15 para clientes que comprarem na tarifa Light e US$ 20 para bilhetes adquiridos na tarifa Promo.

Já os clientes que voam do Brasil para os países da América do Sul e México, custará US$ 6 e US$ 8 para os clientes que comprarem na tarifa Light e Promo, respectivamente.

Os passageiros têm possibilidade de realizar o pagamento com cartões de crédito e débito pelo site da empresa ou diretamente no aeroporto. Não pagam pelo serviço os clientes Latam Fidelidade das categorias Black Signature, Black e Platinum, além de passageiros com bilhetes comprados nas tarifas Top e Plus.

Em voos internacionais, clientes com bilhetes adquiridos antes de 13 de fevereiro para voos após 17 de fevereiro também não pagam pelo serviço.

A escolha do assento poderá acontecer desde o momento da compra do bilhete até 40 minutos antes do horário de partida do voo nacional ou internacional. Para os passageiros que optarem por não escolher previamente o seu assento, a seleção será feita de forma automática cerca de 48 horas antes do voo.

Em nota a companhia disse: “As alterações fazem parte da nova experiência que a empresa começou a oferecer em 2016, quando promoveu alternativas de perfis de tarifas para que os passageiros paguem somente pelo serviço que utilizam ou valorizam.”

 

Voos nacionais

Vale ressaltar que nos voos nacionais a LATAM cobra uma taxa pela marcação de assentos, somente para as tarifas Light e Promo.

A taxa cobrada pela companhia é de R$ 20 e R$ 30, respectivamente, para os voos nacionais.

 

Via – Panrotas