A subsidiária da austríaca da Ryanair, a companhia aérea Lauda, suspendeu todos os voos até 8 de abril.

A companhia aérea sediada em Viena atende a mais de 100 destinos em cerca de 30 países europeus e possui estações nas cidades alemãs Dusseldorf, Stuttgart, ilha espanhola de Maiorca e cidade croata de Zadar.

A Lauda possui 27 aviões Airbus A320ceo, incluindo três aeronaves que estavam listadas como armazenadas antes desta terça-feira.

Antes do surto de coronavírus, a Lauda planejava aumentar a frota para 38 aeronaves para a temporada de verão de 2020 e transportar mais de 10 milhões de passageiros este ano.

A companhia aérea observa: “Essa é uma situação complexa e de rápida evolução, e a segurança e o bem-estar de nossos funcionários e clientes é nossa principal prioridade. Continuaremos a cumprir integralmente todas as diretrizes da [Organização Mundial da Saúde] e [Agência de Segurança da Aviação da União Européia] e seguiremos todas as restrições de viagem impostas. ”

A transportadora do Grupo Lufthansa, Austrian Airlines também suspendeu todos os seus voos regulares “até novo aviso”. O último voo está programado para chegar a Viena a partir de Chicago na manhã de 19 de março.

 

DEIXE UMA RESPOSTA