Leonardo compra a Kopter em um negócio que vale pelo menos US$ 185 milhões

A fabricante italiana de helicópteros, Leonardo, diz que planeja adquirir a empresa suíça de helicópteros Kopter por pelo menos US$ 185 milhões, mais bônus, dependendo do alcance de certos marcos.

O acordo, com o atual proprietário da Kopter, Lynwood (Schweiz) AG), deve fechar em 2020, disseram as empresas na convenção anual da Heli-Expo em Anaheim, Califórnia, em 28 de janeiro. Leonardo acrescenta que a Kopter atuará como uma entidade legal autônoma e um centro de competência na Divisão de Helicópteros de Leonardo.
 
 
“Confirmamos nosso compromisso de fortalecer os principais negócios da Leonardo e de manter nossa liderança em áreas-chave”, afirma o presidente-executivo da Leonardo, Alessandro Profumo.
 
“Com esta aquisição, incorporaremos habilidades e tecnologias inovadoras que complementarão as nossas e também contribuirão para nos manter na vanguarda da inovação e da competitividade, mantendo nossa solidez financeira”.
 
O executivo-chefe da Kopter, Andreas Loewenstein, ecoa esse sentimento, acrescentando: “A Kopter está muito animada por ter ganhado um investidor industrial sólido. Na Leonardo, temos o apoio para finalizar nosso desenvolvimento em várias frentes, mantendo a capacidade de permanecer o pioneiro ágil de um motor que somos.”

Leonardo diz que o novo SH09 de motor único da Kopter “é perfeito para a gama de produtos de ponta da Leonardo, oferecendo oportunidades para futuros desenvolvimentos tecnológicos”.

A Kopter emprega cerca de 300 pessoas na Suíça, com uma sede dedicada em Wetzikon, perto de Zurique, e locais de produção em Mollis, Suíça e Lafayette, Louisiana.

Leonardo está sediada na Itália, mas também possui fábricas na Filadélfia, Overland Park, Kansas e Tucson, Arizona.

 

Fonte: Flight Global

 

DEIXE UMA RESPOSTA