FCAS Tempest BAE Leonardo
Caça BAE Tempest é peça central do FCAS. Imagem: Ministério da Defesa do Reino Unido

A Leonardo e a BAE Systems estão avançando nas oportunidades de colaboração entre o Reino Unido e a Itália com aeronaves de demonstração, como parte do programa Future Combat Air System (FCAS), no âmbito de um caminho de cooperação lançado por ambos os países no setor de Defesa.

Essa abordagem permite que empresas dos dois países identifiquem áreas de potencial colaboração e iniciem análises conjuntas sobre possíveis atividades de interesse compartilhado. No mesmo contexto, está o acordo firmado entre a divisão de negócios eletrônicos italiana e britânica da Leonardo e da Elettronica SpA, relacionado a atividades de demonstração em sensores e sistemas avançados.

Tempest. Foto: BAe Systems.

O programa FCAS visa o desenvolvimento de um sistema multidomínio tecnologicamente avançado, sustentado por tecnologias altamente inovadoras e disruptivas, com uma plataforma core de 6ª geração, e destinado à renovação da frota Eurofighter. Este projeto ambicioso permitirá que os países participantes mantenham a soberania nacional no setor aéreo de combate, redesenhando as futuras capacidades operacionais e industriais no setor aeroespacial.

A colaboração entre a Leonardo e a BAE Systems concentra-se na aplicação de metodologias de design Model Based System Engineering (MBSE) e no desenvolvimento conjunto de tecnologias capacitadoras para a soberania nacional do futuro sistema. Estas atividades são a evolução natural dos processos de inovação já iniciados pelas empresas parceiras e assumem importância estratégica ao explorarem uma fronteira tecnológica ainda não alcançada pela indústria europeia.

Mock up do caça FCAS/BAE Tempest. Foto: BAE Systems.

Em linha com esta estratégia, a divisão de negócios eletrônicos italiana e britânica da Leonardo e da Elettronica SpA entraram em um acordo de colaboração no domínio de sensores e comunicações, com o objetivo de apoiar o desenvolvimento tecnológico do projeto FCAS, incluindo atividades de demonstração relacionadas a futuros eletrônicos de bordo.

Esta iniciativa irá aprofundar a colaboração estabelecida destas empresas a nível internacional, definindo conjuntamente a arquitetura potencial para um conjunto integrado de sensores e equipamentos de comunicação com capacidades inovadoras e funcionalidades altamente integradas.

Via Leonardo