BAE Tempest 6ª geração
Imagem: BAE Systems.

No Farnborough International Airshow, a Leonardo UK e a Mitsubishi Electric anunciaram que firmaram um acordo sobre o conceito de um demonstrador de tecnologia de radar chamado JAGUAR, apresentado pela primeira vez em fevereiro. O movimento, realizado pelas respectivas empresas líderes em combate aéreo eletrônico do Reino Unido e do Japão, dá seguimento à conclusão do trabalho de conceito, criado em conjunto, e a estudos de viabilidade elaborados no início deste ano.

Os parceiros concordaram com o compartilhamento de trabalho do JAGUAR e, tanto a Leonardo UK quanto a Mitsubishi Electric, assinaram contratos com seus respectivos ministérios de defesa nacionais para avançar no trabalho de desenvolvimento.

O projeto agora está em ritmo acelerado, alinhado com a abordagem mais ampla da Leonardo para as parcerias do Future Combat Air System (FCAS), onde a colaboração próxima é apoiada por uma tomada de decisão ágil e um ethos transformacional importado do Vale do Silício.

Mitsubishi F-X F-3 Nova geração 6ª geração
Projeção do Mitsubishi F-X, caça de nova geração do Japão.

O JAGUAR representa o primeiro grande passo na construção de um programa de radar internacional que atenderá às ambições estabelecidas pelo Japão e pelo Reino Unido como parte das discussões do F-X/FCAS. A tecnologia e os aprendizados gerados pelo trabalho do JAGUAR irão alimentar o desenvolvimento do ISANKE & ICS da Tempest (Integrated Sensing and Non Kinetic Effects & Integrated Communications System).

O ISANKE é uma espécie de ‘teia de aranha’ de capacidade, que fica localizada na aeronave, desbloqueando o potencial dos sensores de sexta geração e movendo-se de distintas peças de equipamento para sistemas integrados, enquanto o ICS conecta o sistema ISANKE ao mais amplo “sistema-dos-sistemas”, o FCAS.

A relação entre a Leonardo UK e a Mitsubishi Electric vem se aprofundando há vários anos e ambos vêm explorando a viabilidade de mais colaboração de subsistemas relacionados ao ISANKE ao longo de 2022.

Tempest. Foto: BAe Systems.

Em dezembro de 2021, o Japão e o Reino Unido assinaram um Memorando de Cooperação em torno do compartilhamento de tecnologias de caça. Atuando como parceiros internacionais, os países estão agora avançando em vários projetos de desenvolvimento de tecnologia de subsistemas e estão explorando o escopo de colaboração no conceito principal: o jato de combate como o coração do sistema aéreo de combate.

Via Leonardo