Foto: Leonardo Helicopters

A fabricante italiana Leonardo Helicopters, pode ter um contrato vital de exportação para o Egito. O país norte-africano pretende usar helicópteros AW149 para missões militares, dentre elas transporte, transporte de tropas terrestres e navais além de missões de busca e salvamento.

Pouco informação se tem sobre isso, mas parece que a fabricante italiana superou a concorrência do NH Industries (NHI) NH90. O consórcio do NHI inclui a Airbus Helicopters, Fokker e a própria Leonardo.

Parace que o Egito quer mudar um pouco de fabricante, o país já tinha grandes negócios com a França por exemplo. Cairo e Paris assinaram acordos que incluía 24 caças Dassault Rafale, além de acordos para o meio marítimo como as convertas da classe Gowind.

A vinda de novos helicópteros que são capazes de cumprir tais missões chegam em um momento importante para a situação conturbada do Egito, situação de conflitos, guerra civil e instabilidade política.

DEIXE UMA RESPOSTA