Lista de verificações de saúde ajuda companhias aéreas a implementar orientações da ICAO para COVID-19

Foto: Hawaiian Airlines

A Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA – International Air Transport Association) divulgou uma lista de verificações para autoavaliação de saúde para ajudar as companhias aéreas na adoção das orientações Take-off: Guidance for Air Travel through the COVID-19 Public Health Crisis, da Organização da Aviação Civil Internacional (OACI).

Este documento é a estrutura padrão global de medidas temporárias baseadas em riscos para que governos e a cadeia de valor do transporte aéreo mantenham operações seguras durante a crise da COVID-19.

“A segurança é sempre a prioridade número um do transporte aéreo. E os desafios da COVID-19 trouxeram uma nova dimensão aos nossos esforços. Desenvolvidas com contribuições do setor, de autoridades de saúde pública e governos, as orientações da OACI são o padrão global para operações seguras.”

“A lista de verificações de autoavaliação da IATA é um guia prático de implementação que ajuda as companhias aéreas a manter a conformidade”, disse Alexandre de Juniac, diretor geral e CEO da IATA.

“Uma abordagem harmonizada de saúde é fundamental não apenas para a aviação civil se recuperar, mas também para ‘reconstruir melhor’, o que é muito importante para garantir a resiliência futura para toda cadeia do transporte aéreo.”

“A lista de verificações de saúde da IATA para as companhias aéreas é essencial, pois fornece um guia para a implementação das recomendações da Força-Tarefa de Recuperação de Aviação do Conselho da ICAO (CART), que têm a harmonização e a resiliência como princípios orientadores”, disse Salvatore Sciacchitano, Presidente do Conselho da ICAO.

A Lista de Verificações de Segurança de Saúde da IATA para Operadores de Linhas Aéreas fornece os padrões e práticas recomendadas (IHSARPs), materiais de orientação associados e outras informações de apoio necessárias para a autoavaliação do operador. As seções tratam dos seguintes temas:


• Notificação antes da chegada;

• Check-in;

• Embarque e desembarque;

• Limpeza de aeronaves;

• Qualidade do ar a bordo;

• Operações durante o voo;

• Tripulação de voo e cabine – recomendações gerais;

• Descanso da tripulação;

• Instalações aeroportuárias.

A lista de verificações está disponível em www.iata.org e pode ser usada gratuitamente pelas companhias aéreas interessadas.

 

Via: IATA 

DEIXE UMA RESPOSTA