De acordo com uma previsão da IATA (Associação Internacional dos Transportes Aéreos), as companhias aéreas de todo o mundo devem ter um lucro líquido altíssimo em 2019.

O valor apontado pela IATA é de US$ 33,4 bilhões, isso para todas as companhias aéreas. Anteriormente esse valor apontado pela IATA era de US$ 38 bilhões, como em 2017, mas a alta do combustível em todo mundo fez a associação rever a projeção.

No Brasil as quatro companhias estão apresentando boa lucratividade nos últimos quatro trimestres, apontando para uma melhora dos custos e maior crescimento do mercado depois da crise. Então para 2018 podemos esperar um bom ano, em termos de lucros, para as companhias aéreas brasileiras, de acordo com a IATA quase 100% melhor do que em 2017.

Na projeção da IATA as companhias da America Latina e do Brasil devem lucrar US$ 900 milhões em 2018, enquanto em 2017 esse valor foi de US$ 500 milhões.