Clique Aqui e receba as principais Notícias da Aviação em tempo real diretamente no seu Whatsapp ou Telegram.

Airbus A350 Lufthansa Climática
Foto: Lufthansa

A Lufthansa anunciou hoje(03) que aumento ou número de pedidos tanto para o Airbus A350-900 como o Boeing 787-9. O aumento foi de aeronaves, sendo cinco pedidos a mais para o A350 e cinco para o 787.

As novas cinco aeronaves pedidas pela Lufthansa serão aeronaves que já estão prontas mas sem nenhuma empresa. A companhia aérea alemã deverá receber seu primeiro modelo ainda neste ano, e mais entregas são previstas para o próximo ano. Os jatos da Airbus deverão ser entregues a partir de 2027.

“Mesmo nestes tempos desafiadores, estamos investindo consistentemente em aeronaves mais modernas, mais econômicas e de menor emissão. Devido às oportunidades anticíclicas, estamos modernizando nossa frota de longo curso ainda mais rápido do que o planejado antes do início da pandemia.”

“As novas aeronaves são as mais modernas de seu tipo. Queremos expandir ainda mais nossa função de liderança global, entre outras coisas, por meio de produtos premium inovadores e uma frota de última geração – especialmente por responsabilidade com o meio ambiente.” Disse o CEO da Lufthansa, Carsten Spohr.

A empresa está em processo de renovação da frota, principalmente diante da crise que o setor enfrenta. No mês de março, a companhia aérea anunciou a aposentadoria do Boeing 747 e também do Airbus A380, deixando o espaço para a chegada do Airbus A350 além do Boeing 777X e do 787.

Mudanças na frota e nos serviços

Diante da crise e ainda com pouca demanda, a empresa está se readequando ao cenário que somente em 2023 deverá apresentar uma melhora significativa. Ao mesmo tempo que atualiza sua frota, o interior também será atualizado.

A Lufthansa planeja lançar uma nova Classe Executiva e muito provavelmente será no novo Boeing 787. Esta será a primeira vez que a companhia aérea alemã vai operar o Dreamliner, porém nos últimos anos o Boeing 747-400, 747-8 e o Airbus A380 foram as principais aeronaves para voos longos e internacionais da empresa.