Foto - Aeroporto de Natal/Divulgação

A Lufthansa Cargo quer acelerar a aposentadoria dos seus cargueiros MD-11F em 2019, ao receber quatro novos aviões bimotores, do modelo Boeing 777F.

“Essas quatro novas aeronaves nos darão um aumento de capacidade de até 12%. Dois MD-11Fs deixarão a nossa frota este ano”, disse Dorothea von Boxberg, CCO da Lufthansa Cargo.

A empresa direcionará dois aviões 777F para a Lufthansa, que vão substituir na frota da mesma os MD-11, e mais dois aviões vão para a AeroLogic. Duas aeronaves dessas entregas serão alugadas e duas serão compradas.

No final do ano, a Lufthansa Cargo terá nove aviões 777F e 10 do modelo MD-11F.

De acordo com a companhia os 777F tem um custo operacional 15% menor em comparação com o MD-11, além disso ele pode transportar aproximadamente 100 toneladas, enquanto o MD-11 pode transportar 80 toneladas.

O 777F assumirá rotas de Frankfurt para a Cidade do México e Viracopos (Brasil). Além disso a Lufthansa planeja colocar o 777F em rotas para Osaka, Nova Delhi (Índia), Chicago e Atlanta.

Ainda não há data para retirar totalmente o MD-11F da frota, mas em 2020 a Lufthansa planeja acelerar ainda mais o processo de substituição do MD-11 da sua frota de cargueiros.