Lufthansa Alemanha

A alemã Lufthansa está negociando com David Neeleman acionista majoritário da empresa, a compra da portuguesa TAP Air Portugal. A transportadora alemã está se unindo a United Airlines para fazer a aquisição, ponto em comum entre elas é a aliança global a Star Alliance.

As negociações entre as partes, segundo o Jornal Negócios, estão bem encaminhadas e poderão também servir para colocar um ponto final no mal estar evidente que existe entre o Governo e David Neeleman, sobretudo depois da polemica decisão de atribuir prêmios desempenho às chefias o ano passado.

A proposta tem duas hipóteses: A Lufthansa e United comprarem a participação de 50% de David Neeleman que controla na Atlantic Gateway, que por sua vez detém 45% da TAP, ou de adquirir a totalidade da posição na mesma, o que passaria por negociar também a aquisição da participação de 50% detida por Humberto Pedrosa.

Esta aproximação entre a Lufthansa, United e David Neeleman foi parcialmente revelada este domingo por Luís Marques no seu comentário semanal na SIC que o Negócios também publica.

“As negociações entre Neeleman e uma grande companhia aérea europeia para a venda da sua posição na TAP estão muito avançadas. É certo que ainda não estão fechadas, mas estão muito avançadas”, afirmou Marques Mendes

Na passada semana a TAP divulgou as contas relativas a 2019, ano em que registou um prejuízo de 105,5 milhões de euros. Pedro Nuno Santos, o ministro que tutela esta aérea mostrou-se desagrado com os resultados considerando que a empresa já devia estar a dar lucro.

 

Presença no Brasil

Foto: United Airlines

No Brasil as três empresas tem boa participação nas ligações entre os continentes. A United tem voos de Guarulhos para Houston(IAH), Chicago(ORD), New York/Newark (EWR), Washington(IAD) e do Rio de Janeiro(GIG) para Houston(IAH) além da parceria e participação na Azul Linhas Aéreas. 

A Lufthansa liga São Paulo(GRU) a Frankfurt(FRA) e Munich(MUC) , além da frequência do Rio de Janeiro(GIG) para Frankfurt(FRA).

Já a TAP tem presença em 11 destinos no Brasil, alguns já contam com a operação do novo Airbus A330-900Neo. Alguns destinos contam com o acordo code-share com a Azul.

 

Fonte: Jornal de Negócios 

DEIXE UMA RESPOSTA