Foto - Lufthansa

O Grupo Lufthansa divulgou recentemente sua nova projeção para 2020, onde ressalta que vai contratar mais de 4500 novos funcionários somente Alemanha, Áustria e Suíça.

A Lufthansa ressalta que precisará de 3000 novos trabalhadores na Alemanha, a maior parte desses para tripulantes.

Cerca de 1300 comissários e 2500 trabalhadores de terra serão contratados pela Lufthansa em 2020. A companhia também precisará de 100 pessoas para a parte administrativa da empresa, e para a área de TI.

O foco em TI definido no ano passado continua em quase todo o Grupo Lufthansa, especialmente com os provedores de serviços de TI internos.

Por exemplo, a Lufthansa Industry Solutions procura contratar cerca de 350 novos funcionários para atender à crescente necessidade de serviços de TI dentro e fora do Grupo Lufthansa – especialistas em tecnologia e com conhecimento específico do setor. A Lufthansa Systems também está procurando especialistas de TI de todos os tipos em suas bases internacionais, com planos de contratar cerca de 200 pessoas em todo o mundo.

As companhias continuam cada vez mais dependente da tecnologia para otimizar suas operações. A análise de computadores vai desde a identidade do passageiro no embarque, pela biometria, até mesmo às condições climáticas que podem afetar os voos da empresa nas horas seguintes.

A SWISS planeja contratar mais de 1.000 novos funcionários este ano, nos quais cerca de 500 são comissários de bordo.

A companhia planeja receber duas novas aeronaves Boeing 777, esses aviões vão gerar mais de 300 empregos para comissários, pilotos e mecânicos ao longo do ano.

Devido a medidas de reestruturação interna e redução de custos, a Brussels Airlines, a Eurowings e a Lufthansa Cargo estão atualmente impondo um congelamento de contratações; com algumas exceções.

A Austrian Airlines reduzirá seu número de funcionários devido ao redimensionamento das operações. No entanto, a companhia aérea ainda planeja oferecer cerca de 200 novos empregos na unidade de Viena em 2020.

É o caso, por exemplo, na área de TI, desde que um novo centro de excelência do Grupo Lufthansa está sendo estabelecido em Viena.

O Grupo Lufthansa continua a ser um dos empregadores mais populares da Alemanha.

 

Via – Assessoria de imprensa da Lufthansa