Lufthansa retomará voos com passageiros para a Índia

lufthansa

A companhia aérea de bandeira da Alemanha, Lufthansa, anunciou hoje (10) planos para a retomada de voos regulares para a Índia. A Alemanha implementou um sistema bilateral que vai permitir indianos impedidos de voltar a seu país de origem.

Os voos da Lufthansa começam já no dia 13 de agosto e ja estarão passando pelas novas implementações do governo para testagem contra a Covid-19. As restrições de viagens também foram reduzidas permitindo assim mais voos internacionais entretanto com as novas regras de isolamento e cuidados antes e durante a viagem.

Serão quatro rotas partindo de duas cidades na Alemanha: 

  • Frankfurt para Delhi
  • Frankfurt para Bangalore
  • Frankfurt para Mumbai
  • Munique para Delhi

“Estamos muito felizes e nos sentimos privilegiados por poder ajudar as pessoas a retornar à Índia e possibilitar viagens de negócios conforme o mundo começa a se abrir gradualmente. Nossos voos de e para a Índia enfatizam o compromisso contínuo da Lufthansa de permitir viagens em tempos sem precedentes para nossos clientes indianos, mantendo os mais altos padrões de segurança e higiene.” Disse a Lufthansa em comunicado.

 

Testes contra a Covid-19

A Lufthansa liderou as instalações de testes rápidos que agora estão disponíveis em Frankfurt e Munique.

O Aeroporto de Munique agora oferece um teste PCR gratuito para todos os passageiros que chegam, um fator muito importante para aqueles que desejam viajar para a Índia.

 Em Frankfurt, a companhia aérea oferece um teste COVID-19 com resultados disponíveis em apenas três horas.


“Ambos os centros de teste de coronavírus em nossos hubs em Frankfurt e Munique oferecem aos clientes a oportunidade de evitar a quarentena ao chegar à Alemanha, com um teste de coronavírus negativo em suas mãos.”

 Os resultados geralmente estão disponíveis dentro de quatro a cinco horas após o teste e estão vinculados à passagem aérea do cliente. Isso também torna mais fácil viajar com segurança para outros países em todo o mundo que aceitam um teste de coronavírus PCR certificado, evitando assim a quarentena.” Disse a Lufthansa.

 

DEIXE UMA RESPOSTA