Foto: Konstantin von Wedelstaedt via Wikimedia.

A Lufthansa vai retomar os voos entre Rio de Janeiro e Frankfurt a partir do dia 02 de junho. 

Os voos partindo do Rio de Janeiro decolarão às quartas, sextas e domingos, às 21h35 (horário local), a bordo da aeronave Airbus A340-300 configurada com três classes de serviço – Business, Premium Economy e Economy Class.

Já os voos saindo de Frankfurt partirão às terças, quintas e sábados, às 22h15 (horário local).

“O Lufthansa Group está comprometido em continuar conectando os dois países e, assim, possibilitar que passageiros que estejam autorizados a viajar possam fazê-lo com segurança e conveniência. Além disso, o prosseguimento ininterrupto das operações no país tem caráter fundamental para o transporte de cargas e para a manutenção das cadeias de suprimento internacionais. Estamos especialmente entusiasmados em retomar nossa oferta de voos para clientes sediados no Rio de Janeiro e em poder, mesmo em tempos difíceis, ampliar nossa malha aérea”  destacou Annette Taeuber, Diretora de Vendas do Lufthansa Group Airlines no Brasil.

Somados aos cinco voos entre São Paulo e Zurique, o Lufthansa Group oferece atualmente doze voos semanais para Europa partindo de São Paulo; que serão reforçados por mais três voos semanais partindo do Rio de Janeiro a partir de junho.

Medidas de higiene implementadas pelo Lufthansa Group

A companhia aérea enfatizou que todas as superfícies são minuciosamente desinfetadas e o serviço de bordo sofreu algumas adaptações visando diminuir o número de interações entre tripulação e passageiros.

Ademais, com o objetivo de proteger a saúde de todos a bordo, é obrigatório o uso de máscara por passageiros e tripulantes em durante todo o voo, desde o embarque até o desembarque da aeronave. O desembarque também está sendo realizado em pequenos grupos, o que garante o distanciamento entre as pessoas e diminui o risco de contaminação.

As aeronaves são equipadas com filtros de ar de alta eficiência (HEPA) que removem 99,97% das impurezas como poeira, bactérias e vírus – inclusive o coronavírus; igualando assim a qualidade do ar a bordo à das salas de cirurgia.

Este processo de filtragem se aplica a aproximadamente 40% do ar da cabine, sendo que o restante é composto por ar fresco proveniente do exterior da aeronave.

Além disso, modernos sistemas de circulação fazem com que o fluxo de ar dentro da aeronave ocorra sempre na direção vertical, impedindo que o mesmo se dissipe horizontalmente ao longo da cabine, com nenhum ou mínimo cruzamento de correntes de ar.

A Lufthansa reforça ainda que todos os passageiros autorizados a voar para/via Alemanha devem obrigatoriamente apresentar no momento do embarque um resultado negativo para teste da Covid-19.

São aceitos testes do tipo RT-PCR, antígeno ou LAMP realizados de acordo com as diretrizes do Instituto Robert Koch. Os testes devem ser feitos com no máximo 48 horas de antecedência, levando-se em conta o horário de coleta do exame e o horário estimado de pouso na Alemanha, em horário local.

Os resultados deverão ser apresentados no check-in da empresa em inglês ou alemão, em formato impresso ou digital, mencionando o dia e o horário em que a coleta foi realizada. Além do teste, tais passageiros devem preencher antes de embarcar o formulário digital DEA – Digital Electronic Form (https://www.einreiseanmeldung.de) e observar as regras de quarentena em vigor após sua chegada na Alemanha.