A380 da Lufthansa taxiando no aeroporto de Leipzige. Foto -

A Diretoria Executiva do Grupo Lufthansa confirmou hoje (13/03) que vai vender 6 aviões Airbus A380, da sua frota de 14 aeronaves deste modelo.

Os aviões vão deixar a frota da companhia em 2022 e 2023, e serão substituídos por aeronaves de nova geração, como o Boeing 777-9X e o Airbus A350.

A companhia ressalta que a transação não vai afetar o desempenho de lucros do grupo. Juntamente com a nova encomenda anunciada hoje pela Lufthansa, essas aeronaves de nova geração, que vão entrar no lugar do A380, podem economizar até 500 mil toneladas de combustível por ano.

A Lufthansa não esclareceu quando pretende retirar da frota as 8 aeronaves restantes do modelo A380.

No total a Lufthansa tem 53 encomendas para o A350-900, e já opera com 12 aeronaves deste modelo, além disso há 20 encomendas para o 777-9X, com entregas entre 2020 e 2025.

Na categoria de quadrimotores a Lufthansa opera com 17 aviões A340-600, que serão substituídos pelo A350-900 de acordo com a companhia. Há mais 15 aviões A340-300 e 13 aeronaves Boeing 747-400, além de 19 aviões Boeing 747-8.