ATL-300 Desaer
O ATL-300 deve voar em 2026.

A Prefeitura de Araxá assinou, nesta última quarta-feira (13), a concessão de uma área de 277.800 m² anexa ao Aeroporto Municipal para a empresa Desaer Desenvolvimento Aeronáutico.

O local vai receber uma fábrica de aeronaves para atender os mercados comercial, cargueiro e de defesa, com investimento inicial previsto de US$ 250 milhões e geração de 1.000 empregos diretos e indiretos.

De acordo com o diretor-presidente da Desaer, Evandro Fileno, um dos conceitos que serviram de base para a criação do empreendimento em Araxá foi o de atrair parceiros para o Brasil, contribuindo para a geração de novos empregos no país e na região.

“Houve um momento em que chegamos a pensar em desistir de instalar a fábrica na cidade. Foi quando, nesta nova gestão, encontramos apoio e incentivo para fazer tudo acontecer e chegarmos a este momento. A perspectiva agora é incentivar a vinda de outras empresas que possam ser fornecedoras da fábrica, além de fomentar a abertura de cursos de ensino superior voltados para tecnologia”, ressalta.

Ele fala que a expectativa é que até o final de 2024 a fábrica já esteja produzindo aeronaves para atender contratos de compras já assinados.

O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Inovação e Turismo, Juliano Cesar da Silva, destaca que viabilizar a vinda da Desaer em Araxá favorece não apenas a economia local, como também o desenvolvimento tecnológico.

“É um marco para o município ter um grande investidor, sobretudo, na área de inovação, que é uma das apostas da atual administração como forma de atrair novas empresas e estimular a qualificação da mão de obra local”, destaca o secretário.

O prefeito Robson Magela reitera a participação efetiva da Administração Municipal para a instalação da fábrica da Desaer.

“Desde que assumimos a gestão, o secretário Juliano fez contatos assertivos, como, por exemplo, a fábrica de aviões da Desaer, que está vindo também graças ao apoio do Governo de Minas Gerais através da Codemge. Com previsão de 1.000 empregos gerados, com certeza será um grande fomento para a nossa economia. É um momento histórico para a cidade”, destaca o prefeito.

 

Projetos da Desaer

Formada por ex-funcionários da Embraer, a Desaer tem em seu portfólio alguns projetos interessantes, equivalentes aos primeiros aviões comerciais da Embraer, como o EMB-110 Bandeirante e o EMB-120 Brasília.

ATL-100- Arte DESAER

A proposta da Desaer, na Nascente, é desenvolver tecnologias para um projeto aeronáutico destinado à construção da ATL-100, uma aeronave totalmente brasileira. A ATL-100 apresenta um sistema logístico que tem um baixo custo de aquisição, operação e manutenção.

O ATL-100 é uma aeronave de uso civil e militar, com configurações para o transporte de passageiros (até 19 passageiros) e para carga (2,5 toneladas), com o objetivo de endereçar as necessidades de transporte regional em áreas já adensadas e nas regiões mais remotas, necessitando de pouco apoio de infraestrutura no solo e possibilidade de aterrar em pistas curtas e não pavimentadas.

A aeronave de asa alta terá 16 metros de comprimento, 20 metros de envergadura e alcance de 1600 km.

Desaer ATL-100 e ATL-300
Os projetos ATL-100 e ATL-300 da Desaer.

A empresa também tem um projeto do ATL-100 com propulsão híbrida-elétrica, e uma aeronave ainda maior, o ATL-300.

O ATL-300 terá capacidade para transportar 40 passageiros ou quatro toneladas de carga, é projetado para voar a 31 mil pés, com uma velocidade de cruzeiro de 520 km/h e 2600km. 

 

Via: Prefeitura de Araxá