Clique Aqui e receba as principais Notícias da Aviação em tempo real diretamente no seu Whatsapp ou Telegram.

Sukhoi SU-57- Foto: © Sergei Bobylev /TASS

Segundo Alexander Mikheyev, CEO da exportadora estatal Rosoboronexport, a Rússia está conversando com cinco países não especificados que tem interesse em adquirir o caça stealth Sukhoi Su-57, chamado de Felon pela OTAN. Mikheyev falou ontem (20) com a imprensa no Salão Aeroespacial Internacional MAKS 2021, evento que ocorre no Aeroporto de Zhukovsky, perto de Moscou, até o domingo (25).

O Su-57 despertou grande interesse, tendo em vista que foi assinado um contrato governamental para este caça no âmbito do programa de armamento estatal da Rússia, disse o chefe da Rosoboronexport. Ele também lembrou que havia forte concorrência de empresas americanas, europeias e chinesas no mercado mundial de aviões de combate, aponta a agência de notícias TASS. 

“Este é um dos melhores caças do mundo pelas suas características operacionais. Sem dúvida, tem várias vantagens. Aqui, no show aéreo, faremos uma apresentação para nossos parceiros que contará com as últimas novidades em armas lançadas de aeronaves a partir de cabides externas e internos. Por isso, esperamos alta demanda por essa aeronave nos próximos anos. Cinco países já demonstraram interesse no projeto. Estamos fazendo consultas”, disse o presidente-executivo. Mikheyev também disse que delegações de pelo menos 20 países estão visitando o Salão MAKS 2021.

Su-57 Foto: Antoly Burtsev
Su-57 (T-50-3) carregando mísseis R-73 e R-77. Foto: Foto: Antoly Burtsev.

A Força Aeroespacial Russa recebeu o primeiro Su-57 de produção em dezembro de 2020. Em fevereiro, o país afirmou que recebeu solicitações para a versão de exportação do caça furtivo. No mês passado, o Vice-Primeiro-Ministro da Rússia, Yuri Borisov, disse que o Ministério da Defesa e a Sukhoi planejam o desenvolvimento de uma versão biposto (com dois assentos) para o mercado externo. 

Ainda hoje a Rússia fez uma oferta de 21 caças MiG-29 Fulcrum para a Índia. Na terça-feira a Rostec apresentou oficialmente o novo caça stealth do país, o Sukhoi LTS Checkmate. A aeronave é voltada para o mercado de exportação, tendo como “clientes alvo” a Argentina, Índia, Vietnã e Emirados Árabes. 

Sukhoi LTS Checkmate. Imagem via redes sociais.

DEIXE UMA RESPOSTA