A Marinha Brasileira pode estar considerando a compra de jatos F/A-18 Hornet usados, como forma de substituir imediatamente a sua defasada frota de caças A-4KU Skyhawk.

A informação foi compartilhada pelo site Poder Naval, nesta quarta-feira (15/01), e cita uma reunião da Diretoria Geral do Material da Marinha (DGMM), que ocorreu no Rio de Janeiro na última sexta-feira (10/01).

A decisão da compra de caças Hornet usados parte do almirante de esquadra Ilques Barbosa Junior, que tem como meta deixar de direcionar gastos para extensos programas de modernização dos caças A-4.

Ainda não é confirmado, mas provavelmente os caças F-18 Hornets estudados pela Marinha Brasileira tem como base aviões que estão sendo aposentados pela Força Aérea do Kuwait, todos da versão C e D, produzidos ainda pela McDonnell Douglas.

Além disso, a Marinha está de olho em algumas unidades do F/A-18 E/F Super Hornet com um menor número de ciclos, operadas pela Marinha dos Estados Unidos (USN). No entanto, o governo ainda está buscando saber mais sobre a situação das aeronaves estocadas.

“A alternativa mais barata em termos de aquisição são aeronaves F/A-18E/F Super Hornet que estarão disponíveis na USN a partir da segunda metade desta década”, disse ao Poder Naval, sob a condição do anonimato, um oficial superior da Marinha que trabalha há mais de dez anos no reequipamento da sua corporação.

A informação ainda carece de maiores confirmações, algo que não deve ocorrer quando se trata da Marinha Brasileira. Além disso, a compra é um risco, por envolver aviões usados com vários ciclos de uso, e provavelmente poucos anos de operação à frente.


 

Fonte: Poder Naval

DEIXE UMA RESPOSTA