O primeiro TH-73A sobrevoando a sede da Leonardo na Filadélfia. Foto: Leonardo via US Navy.

A Marinha dos EUA (US Navy) recebeu na quinta-feira (10) o primeiro de 130 helicópteros de treinamento TH-73A da Leonardo. A aeronave foi entregue na sede da fabricante na Filadélfia em uma cerimônia que contou com a presença do vice-almirante Kenneth Whitesell, comandante das Forças Aéreas Navais e Comandante da Frota da Força Aérea Naval do Pacífico dos EUA; Contra-Almirante Gregory Harris, Diretor da Divisão de Guerra Aérea (N98); e a Capitã Holly Shoger, Gerente do Programa Naval de Sistemas de Treinamento de Voo de Graduação.

Também participaram da cerimônia o diretor-gerente da Leonardo Helicopters, Gian Piero Cutillo, e membros de delegações locais, estaduais e federais eleitas, incluindo o congressista Donald Norcross e o prefeito da Filadélfia, Jim Kenney.

“O evento de hoje é um marco significativo para a Leonardo, marcando nosso esforço e compromisso crescentes em nos tornarmos não apenas um fornecedor, mas um parceiro e ativo estratégico para os Estados Unidos em vários setores“, disse Alessandro Profumo, CEO da Leonardo. “Estamos orgulhosos de ser um parceiro fundamental para o futuro da defesa dos EUA.”

Foto: Leonardo/Divulgação.

“Estamos honrados em iniciar a entrega do produto escolhido para esta tarefa. Hoje é apenas o começo de uma jornada que empreendemos para apoiar a Marinha à medida que ela molda as capacidades das futuras gerações de estudantes de aviação”, disse Gian Piero Cutillo, Diretor Executivo da Leonardo Helicopters.

O TH-73A está substituindo a antiga frota de TH-57B/C Sea Rangers e servirá como a primeira aeronave de treinamento para milhares de Alunos de Aviadores Navais no NAS Whiting Field em Milton, Flórida, onde são treinados todos os alunos pilotos de helicópteros da Marinha, Fuzileiros Navais e da Guarda Costeira junto com várias nações aliadas da OTAN.

Para apoiar esta nova frota, a Leonardo anunciou a construção de um novo centro de apoio de helicópteros de quase 10.000 m2 no Whiting Aviation Park, localizado diretamente na pista de NAS Whiting Field para manutenção e reparos imediatos e contínuos, com inovações esperadas para dezembro de 2021.

O vice-almirante Kenneth Whitesell, comandante das Forças Aéreas Navais e William Hunt, CEO da Leonardo nos EUA, durante a cerimônia de entrega do primeiro TH-73A. Foto: Leonardo via US Navy.

O TH-73A, com base na variante certificada por Instrument Flight Rules (IFR) do popular AW119Kx comercial, é perfeitamente adequado para voos de treinamento inicial, mas também é capaz de treinamento avançado.

Com um motor Pratt & Whitney PT-6 potente e confiável, sistemas duplos de segurança e hidráulicos e aviônica digital avançada da Genesys Aerosystems, o TH-73 pode realizar todas as manobras do programa de treinamento da Marinha dos EUA para uma transição perfeita das manobras básicas para o treinamento operacional avançado.

O Sistema Avançado de Treinamento de Helicópteros modernizará a tecnologia de treinamento da Marinha, passando do analógico para o digital, e é fabricado para atender estudantes de aviação até 2050 ou mais.

A US Navy deve receber 130 helicópteros TH-73A até 2024. Segundo a fabricante, o contrato inicial de preço fixo de US$177 milhões concedido em 2020 previa a produção e entrega de 32 helicópteros TH-73A, sobressalentes iniciais, suporte, equipamentos dedicados, além de serviços específicos de piloto e manutenção. Em novembro de 2020, o Departamento de Defesa dos EUA exerceu opções para adicionar 36 aeronaves em um contrato de preço fixo de US$ 171 milhões.

“Este é um grande dia para a Leonardo e a Filadélfia. Produzir a aeronave que irá treinar os futuros aviadores navais de nosso país é mais do que uma honra, mas também uma experiência extremamente gratificante”, disse William Hunt, CEO da Leonardo Helicopters nos Estados Unidos. “Estou orgulhoso do trabalho árduo que nossos companheiros de equipe nos EUA deram para nos levar a esta primeira entrega e as muitas que virão.”