E-2D Advanced Hawkeye com a sonda de REVO-Foto: Us Navy

A Marinha dos EUA recebeu a primeira aeronave Northrop Grumman E-2D Advanced Hawkeye com a sonda de reabastecimento em voo. Isso significa que o avião-radar da Us Navy poderá ser reabastecido em voo, garantindo assim um maior tempo de missão de vigilância ar-ar.

“Este é um dia importante para a aviação naval, pois continuamos aumentando nossas capacidades e mantendo nossa vantagem competitiva nos céus”, diz o contra-almirante Roy Kelley.

Junto com a chegada da primeira aeronave e das demais, a marinha dos EUA inicia um treinamento para aprimorar as capacidades dos pilotos com no novo recurso do avião que inclusive poderá ser reabastecido por um Boeing F/A-18 E/F Super Hornet que pode levar um “subalar” com uma linha de transmissão e uma cesta específica para reabastecimentos em voo.

“Essa capacidade ampliará a resistência dos Hawkeyes, aumentando a conscientização do espaço de batalha da Marinha e o controle integrado de incêndio – tanto do ar quanto do mar”, completa Kelley.

Até 2020 a Marinha dos EUA planeja ter dois esquadrões de E-2Ds com as adaptações de REVO. A Us Navy opera hoje 38 unidades dos E-2, que tem como principal meio de operação os porta-aviões. Outras 37 unidades já estão encomendadas.

Existe ainda vendas no exterior, como por exemplo o caso da Força de Autodefesa Aérea do Japão que opera um E-2D outros com três encomendados.

Fonte de apoio: Flight Global / Adaptação:Aeroflap


DEIXE UMA RESPOSTA