Na primeira quinzena de março, os dez oficiais-alunos do Curso de Aperfeiçoamento de Aviação para Oficiais realizaram a instrução de salto de emergência, na Academia da Força Aérea Brasileira (FAB), em Pirassununga-SP. Após uma semana de treinamento intenso, os militares realizaram um salto enganchado de paraquedas, a partir da aeronave C-105, “Amazonas”, da FAB.
 
Coordenados pelos militares instrutores do Esquadrão Aeroterrestre de Salvamento, conhecido como PARA-SAR, sediado na ALA-5, em Campo Grande-MS, a instrução e o salto têm o objetivo de preparar os futuros aviadores para o abandono de uma aeronave em situação de risco.
 
A instrução é pré-requisito para a realização do Estágio Primário de Aviação (EPAv), onde quatro dos oficiais-alunos realizarão voo na aeronave T-25 “Universal”, no 2º Esquadrão de Instrução Aérea. Dentre os quatro que realizarão o EPAv, dois serão selecionados para o Estágio Básico de Asa Fixa, na aeronave T-27, “Tucano”, visando à continuidade na formação de aviadores navais habilitados em asa fixa.
 
Foto: Marinha do Brasil
O adestramento contribuiu, ainda, para o aumento da interoperabilidade entre militares da Marinha do Brasil e da Força Aérea Brasileira.
 
Fonte: Marinha do Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA