Aeroporto de Brasília LATAM
Foto - Aeroporto de Brasília/Inframerica

A Secretaria Nacional de Aviação Civil do Ministério da Infraestrutura concluiu a “Pesquisa de Satisfação do Passageiro e Desempenho Aeroportuário” referente ao primeiro trimestre deste ano. Dos 20 aeroportos brasileiros pesquisados, já sob os efeitos da pandemia do novo coronavírus na movimentação de viajantes, a satisfação média geral dos passageiros ficou em 4,40, numa avaliação de 1 (muito ruim) a 5 (muito bom). No mesmo período de 2019, a avaliação média foi de 4,39.

De acordo com a pesquisa, as melhores notas foram dadas aos aeroportos de Florianópolis/SC (4,72), Curitiba/PR (4,68) e Confins/MG (4,45) – nas categorias até 5 milhões de passageiros ano, de 5 a 10 milhões e acima de 10 milhões, respectivamente. O total de avaliações positivas referentes ao conjunto dos 20 aeroportos pesquisados atingiu 92% de “bom” e “muito bom”. No mesmo período do ano passado, o percentual ficou em 90%.

Foram realizadas 23.828 entrevistas nos 20 principais aeroportos do país, que respondem por 87% do total do fluxo de passageiros. A pesquisa é realizada desde 2013 para avaliar a experiência do passageiro em diversos itens relacionados à infraestrutura, atendimento e serviços, bem como monitorar o desempenho de diferentes processos aeroportuários como check in, inspeção de segurança e restituição de bagagens.

Pela primeira vez, desde o início da série histórica, a pesquisa sofrerá descontinuidade em 2020. Por conta da crise do Covid-19, não haverá coleta de dados para compor o relatório referente ao segundo trimestre do ano. Confira no link a seguir as íntegras dos relatórios geral e por aeroporto: http://www.infraestrutura.gov.br/pesquisa-satisfacao.html

Aeroportos acima de 10 milhões de passageiros ano

1) Confins/MG – 4,45

2) Brasília/DF – 4,42

3) Galeão/RJ – 4,31

4) Congonhas/SP – 4,25

5) Guarulhos/SP – 4,16

 

Aeroportos entre 5 e 10 milhões de passageiros

1) Curitiba/PR – 4,68

2) Campinas/SP – 4,66

3) Porto Alegre/RS – 4,55

4) Fortaleza/CE – 4,39

5) Santos Dumont/RJ – 4,34

6) Salvador/BA – 4,31

7) Recife/PE – 4,23

 

Aeroportos com até 5 milhões de passageiros

1) Florianópolis/SC – 4,72

2) Vitória/ES – 4,53

3) Manaus/AM – 4,42

4) Maceió/AL – 4,41

5) Natal/RN – 4,40

6) Goiânia/GO – 4,38

7) Cuiabá/MT – 4,26

8) Belém/PA – 4,21

 

Via: Ministério da Infraestrutura