Nesta quarta-feira (31), o Ministro da Defesa, Walter Braga Netto, apresentou os novos Comandantes das Forças Armadas.

São eles: Almirante de Esquadra Almir Garnier Santos, Comandante da Marinha do Brasil; General de Exército Paulo Sérgio Nogueira de Oliveira, Comandante do Exército Brasileiro; e Tenente-Brigadeiro do Ar Carlos de Almeida Baptista Júnior, Comandante da Força Aérea Brasileira.

Conforme a Constituição Brasileira de 1988, a escolha dos Comandantes das Forças Armadas é feita mediante lista tríplice encaminhada ao Presidente da República pelo comando de cada Força.

 

Comandante da Aeronáutica

O Tenente-Brigadeiro do Ar Carlos de Almeida Baptista Junior foi indicado, nesta quarta-feira (31), para assumir o Cargo de Comandante da Aeronáutica. O Oficial-General substituirá o Tenente-Brigadeiro do Ar Antonio Carlos Moretti Bermudez, que está no cargo desde 2019.

Natural do Rio de Janeiro (RJ), o Tenente-Brigadeiro Baptista Junior ingressou na Força Aérea Brasileira em 03 de março de 1975 e foi promovido ao posto de Tenente-Brigadeiro em 31 de março 2018.

Durante a carreira de 46 anos dedicados à vida militar, assumiu o comando, a chefia e a direção de diferentes organizações da FAB, entre elas, foi o primeiro Comandante do 2º/6º Grupo de Aviação – Esquadrão Guardião; Comandante da Base Aérea de Fortaleza; Adjunto do Adido de Defesa e Aeronáutica nos Estados Unidos; Subchefe de Apoio do Comando-Geral de Apoio; Presidente da Comissão Coordenadora do Programa Aeronave de Combate e Chefe do Subdepartamento de Desenvolvimento e Programas; Comandante do Comando de Defesa Aeroespacial Brasileiro; Diretor da Diretoria de Material Aeronáutico e Bélico; Vice-Chefe do Estado-Maior da Aeronáutica; Chefe de Operações Conjuntas do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas do Ministério da Defesa. Atualmente, é o Comandante do Comando-Geral de Apoio.

O Oficial-General é oriundo das aviações de caça e reconhecimento. Possui 4 mil horas de voo, sendo 2.200 horas em aeronaves de caça. Já voou nas seguintes aeronaves: T-23, T-25, AT-26, C-95, T-27, U-7,U-42, F-103, F-5, EMB 135/145/C-99, E/R-99, C-98B.

 

Via: Ministério da Defesa e FAB