Clique Aqui e receba as principais Notícias da Aviação em tempo real diretamente no seu Whatsapp ou Telegram.

Itapemirim

Mais um passo rumo à disponibilidade de uma nova empresa aérea no Brasil. Em trâmites finais para o lançamento da companhia aérea Itapemirim Transportes Aéreos, o Grupo Itapemirim realiza nesta semana os voos de certificação junto à Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), necessários à obtenção do Certificado de Operador Aeronáutico (COA).

Apenas com a equipe operacional a bordo, as simulações das viagens ocorrem entre 12 e 15 de abril nos aeroportos de Guarulhos (SP), Confins (Belo Horizonte) Salvador (BA), Porto Alegre (RS) e do Galeão (RJ).

O ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, que se reuniu em março com diretores da empresa, aponta que a “conectividade aérea será essencial para ampliar a ligação aos principais destinos nacionais e favorecer a recuperação do turismo no cenário pós-pandemia”.

Já o presidente do Grupo Itapemirim, Sidnei Piva, destaca o empenho pela operação da nova empresa.

“Chegamos na etapa final para a concretização da companhia aérea e estamos muito felizes com tudo o que conquistamos até aqui. Completaremos nosso cronograma para obtermos as certificações junto à ANAC dentro do prazo planejado”, afirma.

A Itapemirim Transportes Aéreos foi criada em 2020 e faz parte do Grupo Itapemirim, que tem 67 anos de história no setor de transportes do país. A Viação Itapemirim, empresa de transporte rodoviário, atende 2,5 milhões de passageiros por ano, em 2.700 cidades de 19 estados brasileiros, com mais de 300 ônibus.

O Grupo possui ainda empresas ligadas a outras operações de transportes, com foco especial em ferrovias e no transporte urbano, por meio de veículos leves sobre trilhos (VLTs).

 

ENCONTRO – Na reunião de março, Gilson Machado Neto e Sidnei Piva discutiram ações da Itapemirim para fortalecer o turismo por meio da conectividade entre os diferentes modais de transporte no país. Também participaram do encontro o presidente da Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo (Embratur), Carlos Brito, e o senador Ciro Nogueira.

 

Via: Ministério do Turismo