Foto - Alitalia

O governo da Itália aprovou um empréstimo de € 400 milhões (US$ 443 milhões) para a problemática companhia aérea Alitalia, para fornecer financiamento enquanto uma estratégia para o futuro da companhia é decidida.

O conselho italiano de ministros se reuniu em 2 de novembro para discutir “medidas urgentes” para garantir a continuidade dos serviços da Alitalia e da Cityliner.

É afirmado que o empréstimo se destina a permitir a conclusão de uma transferência corporativa até 31 de maio de 2020.

O empréstimo financiará “necessidades de gerenciamento não diferíveis” para a companhia aérea e a execução – pelos comissários da Alitalia – de iniciativas estratégicas para tornar a estrutura da empresa mais eficiente, acrescenta.

Tanto a Alitalia quanto a divisão regional Cityliner permanecem em administração extraordinária.

A empresa ferroviária FS Italiane tentava obter um acordo de potenciais parceiros do consórcio – incluindo as principais companhias aéreas – para adquirir a Alitalia, membro da aliança SkyTeam, mas em novembro afirmou que não havia condições de formalizar uma oferta.

Os sindicatos da Alitalia têm pressionado o governo por uma solução a longo prazo, talvez envolvendo a nacionalização da companhia.


 

Via – FlightGlobal