A Força Aérea Afegã está ativa no combate contra o Talibã, diversos ataques vinham sendo realizados a partir de aeronaves do modelo A-29 Super Tucano, operadas pela Força Aérea do país.

As operações contra o Talibã estão sendo feitas por pilotos afegãos, mas a coordenação das operações está sob comando do General-Brigadeiro Lance R. Bunch da USAF, e também vice comandante da 9ª Força Tarefa Expedicionária Aérea e Espacial no Afeganistão sob diretrizes da OTAN (Organização do Tratado do Atlântico Norte).

Segundo o general Bunch, cada vez mais o Afeganistão está aumentando a capacidade de realizar as operações de forma independente nos ataques contra o inimigo.

Durante o período intenso de ataques, o país contabilizou aproximadamente 154 missões sem nenhuma vítima civil. Os ataques cessaram devido ao cessar-fogo que segundo o General Buch, está ocorrendo em ordem positiva.

Uma das armas utilizadas a partir dos A-29 Super Tucano, são armamentos guiados à lazer, armamentos esses que aumentam a eficácia do ataque e limitada em um número considerável vítimas civis. Segundo dados emitidos pelo Departamento de Defesa dos EUA, até hoje não houve registros de vítimas civis nos ataques realizados pela Força Afegã.

Como já foi divulgado aqui no site, o A-29 Super Tucano que é uma aeronave de origem e fabricação da Embraer, foi adquirida pela USAF para ser usada em um cenário de guerra real que dura mais de 17 anos no Oriente Médio. A aeronave que tem um bom destaque em ataques leves ao solo e patrulhamento, obtendo bons resultados nas missões.