Enfrentando novos problemas para desenvolver seu avião MRJ, agora SpaceJet, a Mitsubishi Aircraft Corporation declarou que a primeira entrega será atrasada em aproximadamente 6 meses.

Com esse atraso, a companhia aérea de lançamento poderá receber o primeiro avião somente em 2021. A All Nippon Airways (ANA) concordou em lançar a aeronave regional da Mitsubishi.

Inicialmente estava previsto a entrada em serviço para 2013, mas desde 2012 a Mitsubishi está adiando essa data de entrada, devido à dificuldades com o projeto.

Durante o desenvolvimento do SpaceJet a Mitsubishi chegou até mesmo a comprar o programa CRJ da sua concorrente Bombardier, que também acusa a mesma Mitsubishi de roubo de propriedade intelectual, ao contratar engenheiros do Programa CSeries.

O SpaceJet tem 213 encomendas na carteira de entregas, e boa parte desses aviões são para empresas do Japão.