Modern Logistics Boeing 737

Em uma declaração em vídeo para o Canal ASA(Clique aqui), o Vice-Presidente da Modern Logistics, Adalberto Febeliano disse que a empresa visa operar aeronaves menores como o ATR 72 cargueiro e a família 737NG para otimizar a operação da companhia.

Atualmente a frota da Modern é composta por 4 Boeings 737 da família Clássica, sendo as versões -300 e -400. Adalberto disse que o Boeing 737 é o avião ideal para o tipo de operação da empresa que tem o foco no mercado de cargas principalmente entre Manaus, São Paulo e Recife. 

A companhia aérea foi fundada em 2017 por antigos executivos da Azul Linhas Aéreas que tinham o desejo de criar uma empresa diferente no país. A partir da ideia com serviços diferenciados, a Modern se espelhou em companhias aéreas cargueiras dos EUA como a DHL, UPS e FedEx.

Em um plano para atrair investidores, a ideia surgiu para ser um serviço de porta-a-porta, buscando o produto e realizando o transporte até a sua entrega. A Modern criou um sistema de logística integrada, gerenciando todas as partes do transporte e entrega das encomendas.

Após 4 anos de operações, agora a Modern enxerga um grande potencial de seu negócio e visa expandir suas operações para Aeroportos menores e destinos internacionais. Para isso a empresa planeja trazer o ATR 72 em versão cargueira e investir futuramente em aeronaves 737-700 e 800 cargueiros. 

Adalberto descartou a possibilidade por hora de trazer aeronaves maiores como o Boeing 767-300ER que não se encaixa nos planos da empresa. Os voos internacionais segundo ele seriam operados apenas na América do Sul devido a capacidade operacional. Até o momento não houve uma previsão de quando essas novas aeronaves seriam incorporadas a frota.

 

Fonte: Canal ASA – YouTube