Foto - SoCalSpotters/Via Twitter

Sem conseguir entregar aviões do modelo 737 MAX desde março deste ano, os pátios de aeroportos onde a Boeing tem unidades acumulam cada dia mais aeronaves que esperam o momento da entrega aos clientes.

Só no Moses Lake Airport são 150 aviões 737 MAX estocados em um curto espaço, e fotos divulgadas nessa semana são impressionantes, mostrando diversos aeronaves perfeitamente organizadas no pátio do aeroporto, algo que muitos chamaram de “tetris do 737 MAX”.

Enquanto isso, a Boeing continua mantendo a fabricação de até 42 unidades do 737 MAX por mês, uma redução em comparação com as 52 unidades que Renton pode produzir.

A certificação do novo software de controle de voo ainda está ocorrendo, e não há prazo específico para o retorno do 737 MAX ao serviço. A entrega dessas unidades estocadas pela própria Boeing depende do retorno do 737 MAX aos voos comerciais, e durante esse tempo que passa, a fabricante norte-americana vai acumulando mais e mais aviões em vários pátios de aeroportos.