Detalhe de um dos motores IAE V2500-E5 do KC-390. Foto: Matheus Felipe/Aeroflap

O motor International Aero Engines AG (IAE) V2500 atingiu recentemente a marca de 250 milhões de horas de voo em operação. A marca contabiliza todos os motores em atividade, cerca de 6000 atualmente, equipando várias aeronaves.

O motor IAE V2500 foi desenvolvido em uma parceria entre duas divisões da Pratt & Whitney, a japonesa MTU Aero Engines e a Rolls-Royce.

O foco foi equipar os aviões Airbus A320ceo e A321ceo, anos após o motor estar em atividade, a Embraer escolheu essa motorização para o C-390 Millennium.

Mais de 3000 aeronaves de 200 clientes diferentes são equipadas como motores IAE V2500, que concorre diretamente com o motor CFM 56, fabricado por outra Joint-Venture, entre a GE e a Safran.

“Este marco é uma prova do legado de confiabilidade e desempenho do V2500”, disse Earl Exum, presidente da International Aero Engines (IAE) AG. “O motor V2500 oferece menor ruído e um menor consumo de combustível de cerca de 3% para as aeronaves da família A320ceo, resultando em economia de custos significativa, emissões mais baixas e um benefício na faixa de carga útil que o torna ideal em uma variedade de aplicações. O motor V2500 está no auge de sua vida e temos o compromisso de apoiar nossos clientes durante a recuperação e no futuro”.

A Pratt & Whitney e a IAE dizem que aprimoraram os serviços para o motor V2500, incluindo soluções LLP, programas de materiais novos e úteis, trocas de motor e muito mais, que podem ser ajustados para atender aos requisitos exclusivos dos clientes.

 

DEIXE UMA RESPOSTA