Conceiro do SLS- Foto: NASA

A NASA deve testar nos próximos dias o grande cilindro laranja que vai equipar o novo super foguete da agência espacial dos EUA, o Sistema de Lançamento Espacial (SLS), que dentre outras coisas vai levar a primeira mulher a Lua.

A equipe se prepara para o sétimo teste Green Run, chamado de ensaio geral molhado, quando o palco será carregado com propelente criogênico, ou superfrio, pela primeira vez. 

A NASA tem como meta a semana de 7 de dezembro para o ensaio geral e a semana de 21 de dezembro para o teste de fogo quente. Durante o teste de fogo quente, todos os quatro motores irão disparar para simular a operação do palco durante o lançamento. A série de testes Green Run é um teste abrangente do estágio central do foguete antes de lançar as missões Artemis à Lua. A NASA continua no caminho certo para lançar o Artemis I em novembro de 2021.

O SLS será o transportador da missão Artemis que vai levar até a lua a primeira mulher e o o próximo homem. A missão principal está prevista para acontecer em 2024.

“Vamos passar cerca de duas semanas analisando os dados para garantir que todos os sistemas se comportem conforme o esperado“, disse John Shannon, vice-presidente e gerente do programa SLS da Boeing, a jornalistas no mês passado.

“Vamos sair e inspecionar o veículo, certifique-se de que não haja surpresas.”

“Vamos sair e inspecionar o veículo, certifique-se de que não haja surpresas.”

Os motores, os mesmos que moviam o orbitador do ônibus espacial agora aposentado – gerarão incríveis 1,6 milhão de libras de empuxo. Isso é quase o mesmo que seis aviões 747 com potência total.

 

Fonte de apoio: BBC/NASA

DEIXE UMA RESPOSTA