Itália Transporto Aéreo ITA
Imagem: Divulgação

Oficialmente a partir de outubro, a Alitalia, antiga companhia aérea italiana vai deixar de existir e dar lugar a Itália Transporto Aéreo – ITA. A nova empresa conquistou aprovação hoje (18) para iniciar suas operações e aproveitou a ocasião e lançou a sua nova marca.

A ITA recebeu da Ente Nazionale Aviazione Civile (ENAC) o Certificado de Operador Aéreo junto com a Licença de Voo para voar no espaço aéreo italiano. Depois de longos meses de trabalho do Governo da Itália com a União Europeia para tentar reestruturar e salvar a antiga Alitalia. 

A nova companhia de bandeira italiana irá assumir integralmente o lugar da Alitalia a partir de 15 de outubro, uma parte dos funcionários deverá ser integrado pela nova empresa. O dia 18 de julho também terá mais um motivo para ser lembrado pela nova empresa, que recebeu seu primeiro avião.

Imagem: Divulgação

A Itália Transporto Aéreo recebeu seu primeiro Airbus A330 sob a matrícula EI-EJN, a aeronave operava para a Alitalia até meados de junho. O primeiro avião da frota da ITA está configurado para levar 20 assentos na Classe Executiva, 17 na Classe Premium e mais 219 na Classe Econômica. 

O planejamento é de que a nova empresa terá 52 aeronaves, com 7 aeronaves para voos internacionais. Nos próximos anos a frota deverá aumentar gradativamente, podendo chegar a 100 aeronaves em 2025. Para os voos domésticos serão utilizadas aeronaves da família Airbus A320, que deverão chegar nas próximas semanas.

Alitalia Itália

Ao longos dos últimos anos, a Alitalia passou pelas mãos de diversos controladores incluindo o próprio governo italiano. A tradicional companhia da Itália acumulou diversas dividas, com a situação se tornando ainda mais delicada com a pandemia de Covid-19 causando a maior crise da história do setor.

A história da antiga Alitalia está se encerrando e dando lugar à ITA, que pretende representar bem a bandeira italiana em voos para diversas localidades se adequando ao cenário atual.

 

DEIXE UMA RESPOSTA