F-15EX EUA USAF
F-15EX Eagle II. Foto: Ethan Wagner/USAF.

O F-15EX Eagle II, mais novo caça da Força Aérea dos EUA (USAF), concluiu a primeira de duas séries testes com disparos de mísseis reais. O caça lançou mísseis AIM-120C3 e AIM-120D AMRAAM, guiados por radar. 

A aeronave usada pertence à 53ª Ala, da Base Aérea de Eglin, e fez o lançamento de diversos mísseis AMRAAM como parte da campanha de Programa de Avaliação do Sistema de Armas (WSEP). Os disparos mostraram como o F-15EX pode ser empregado no teatro de operações e forneceram o contexto necessário para verificação de capacidades de combate pelo Destacamento 6 do Centro de Avaliação e Teste Operacional da Força Aérea (AFOTEC).

Foto: USAF.

O F-15EX é a mais avançada versão do lendário F-15 Eagle, cujo primeiro voo completou 50 anos no final de julho. É também o mais novo avião de caça na USAF, que tem 80 unidades encomendadas.

A aeronave incorpora um radar AESA, display panorâmico sensível ao toque, avançada suíte de guerra eletrônica e um computador de missão que, segundo a Boeing, é o mais rápido do mundo. O F-15EX vai substituir os F-15C/D Eagle mais antigos, enquanto complementa as capacidades dos caças F-22 e F-35 de 5ª geração. 

Cockpit do F-15QA Qatari Advanced. O cockpit do F-15EX é semelhante ao do QA. Foto: Boeing.

“Uma das principais conclusões desses disparos reais é que o jato pode funcionar claramente como um sistema de armas de longo alcance”, disse o Capitão Max Denbin, engenheiro-chefe de testes da equipe. “O F-15EX pode disparar de um alcance significativamente maior – mais longe do que qualquer outro caça no arsenal da Força Aérea dos EUA – e fornece a capacidade única de carregar 12 AMRAAMs ou outras armas de grande porte.”

Apesar da conclusão desta série de testes, esta não é a primeira vez que o F-15EX dispara um míssil. O primeiro disparo de um F-15EX foi em janeiro de 2022, novamente com um míssil AMRAAM. Na ocasião, o jato empregado pelo pelo 40º Esquadrão de Testes, lançou um AIM-120D contra um drone BQM-167.

F-15SA Mísseis AMRAAM
Um F-15SA com 12 mísseis AIM-120 AMRAAM durante testes nos EUA em 2018. Foto: Christopher McGreevy via The War Zone.

“Durante o voo, o F-15EX detectou o drone usando sensores de bordo […] e lançou o míssil no alvo. Depois de rastrear o lançamento do míssil e o voo em direção ao BQM-167, o tiro foi determinado como um sucesso do WSEP, momento em que o voo do míssil foi encerrado”, disse a USAF na época. 

Com a conclusão bem-sucedida da primeira campanha de testes com mísseis e a suíte de guerra eletrônica EPAWSS, a equipe agora se prepara para a segunda rodada de missões de teste operacional dedicadas para o F-15EX, com previsão para ocorrer entre setembro e novembro deste ano na Base Aérea de Nellis.