Caças F-35A e F-22 Raptor da USAF- Foto: U.s Airforce (Imagem Ilustratuva)

O número de caças F-35A da USAF irá ultrapassar o número de F-22 Raptors operado pela U.S. Air Force. Hoje a USAF tem 195 unidades do F-22 Raptor, e esse número será batido pelo “irmão mais novo”, o F-35A Lightning II.

A meta de produção de F-35 nos EUA é de 1763 unidades, que serão distribuídas para a USAF, US Navy e para os USCM (Corpo de Fuzileiros Navais ou Marines). Até hoje mais de 395 caças F-35 já foram construídos. A USAF implantará o 196º F-35A na Base Aérea de Hill, em Utah.

Lockheed Martin F-35A USAF

 

Mas vamos falar um pouco mais dos dois caças, começando pelo primeiro a ser construído e entregue à USAF:

O F-22 é um caça de quinta geração feito pela fabricante Lockheed Martin, seu primeiro voo foi em 1997 e foi introduzido na USAF em 2005.

O caça é supersônico; tem empuxo vetorado (apenas para cima e para baixo e as partes móveis do motor movem de maneira uniforme); e é stealh, pode ser usado em um cenário de todos os climas e está faz missões de superioridade aérea, ataque ao solo, guerra eletrônica e inteligência de sinal (SIGINT).

O caça pertence a uma parcela de aeronaves da USAF de grande segredo militar, tanto que não foi comercializado com nenhuma outra nação. Em 2017 um relatório foi enviado a Casa Branca pedindo a reativação da linha de produção do F-22 Raptor, esse pedido ainda está em análise por parte do governo.

Lockheed Martin F-22 Raptor

O seu irmão F-35 também é de quinta geração, tem tecnologia stealh, é supersônico, pode combater em todos os cenários do F-22, mas ele é sim comercializado, além dos EUA ouras nações tem aeronave e fazem parte do programa F-35, no qual podem participar da construção do caça, alguns destes países são: Japão, Israel, Itália, Austrália, dentre outros.

Atrasos e problemas técnicos atrapalham um pouco o marketing do caça, o último problema registrado foi sobre os canopis do caça, uma abertura de uma investigação sobre o  fato foi solicitada pelo governo. Mas acredita-se que estes problemas não atrapalhem mais a comercialização do caça.

Lockheed Martin F-35A da USAF

Diferente do Raptor o Lightning II tem três versões, a A usada pela USAF, a B usada pela US Navy (essa versão pode fazer pousos e decolagens na vertical STOV), e a versão C usada pelos USCM (essa tem uma envergadura menor e é operada em porta-aviões por meio de gancho).

Os EUA planejam adquirir 2663 unidades do caça que serão divididas entre as forças que os operam. Hoje existem apenas quatro caças de quinta geração, os dois norte-americanos (F-22 e F-35), o russo (SU-57), e o chinês (J21).

DEIXE UMA RESPOSTA