Foto - Ministério da Defesa

O Ministério da Defesa (MD) quer um aumento nos investimentos bélicos no Brasil. O aumento esperado pelo MD é de 37%. Os investimentos seria destinada para grandes projetos das três forças armadas.

Os planos em elaboração do MD é que se aumente o valor investimentos de R$ 6,7 bilhões, para R$ 9,2 bilhões.

O setor aeronáutico o principal projeto da FAB são os caças Gripens F-39 que começam a ser entregues no ano que vem.

Já em terra os investimentos seriam empregados em novos lançadores de mísseis por pare do Exercício Brasileiro.

Na água o projeto de novos submarinos da Marinha poderia tomar uma boa proa e isso inclui o tão sonhado submarino de propulsão nuclear fabricado em parceira com a França.

Contudo, tal aumento no investimento deve passar primeiro pelo aval do Ministério da Economia, que talvez possa não facilitar tanto assim as coisas para o MD.

Todavia, vale ressaltar que desde a posse de Jair Bolsonaro os investimentos no setor bélico vem ganhando atenção.


 

DEIXE UMA RESPOSTA