Foto - Infraero

Na madrugada desta quinta-feira (23/05), iniciou a última etapa de intervenções na pista principal do Salvador Bahia Airport.

As melhorias serão realizadas na parte central da pista e incluem sistema de drenagem, recapeamento e repintura da sinalização horizontal. O objetivo é aumentar a segurança e se adequar às normas internacionais de aviação.

As intervenções na pista principal foram iniciadas em setembro do ano passado e divididas em três etapas. A primeira e a segunda contemplaram recapeamento, melhorias no acostamento e na sinalização horizontal, ajustes na faixa de pista e implantação da área de segurança de fim de pista (RESA) nas duas extremidades.

Com as obras de requalificação na parte central, do dia 23 de maio até o final do mês de setembro, pousos e decolagens no Salvador Bahia Airport acontecerão na pista auxiliar (17/35) nas madrugadas de terça a sábado, entre 01h30 e 08h30.

As companhias aéreas e autoridades do setor aeroportuário foram comunicadas da intervenção com antecedência, com o objetivo de minimizar possíveis impactos operacionais.

 

Renovação

A pista auxiliar foi completamente reformada e está em perfeitas condições de operação da aviação comercial. A obra foi finalizada no começo de outubro de 2018 e permitiu que a 17/35 se tornasse apta a receber aeronaves de maior porte, cuja envergadura pode chegar a 36 m, como o Boeing 737 e o Airbus A320. 

As mudanças estão em sintonia com as melhorias que vem sendo implementadas pela VINCI Airports na infraestrutura do Salvador Bahia Airport.

Uma das principais intervenções realizadas na 17/35 foi uma melhor delimitação da chamada área de segurança (RESA) no final da pista, que é uma área de escape com o objetivo de reduzir riscos de danos à aeronave em casos de pouso com toque antes da cabeceira ou ultrapassagem da cabeceira oposta.

Algumas das outras melhorias feitas foram: a adequação da faixa de pista e da faixa preparada da pista de pouso e decolagem e implantação de acostamentos das principais taxiways.