Oficial de Justiça impede voo da Avianca Brasil entre Brasília e Congonhas

Na noite desta quinta-feira (04/04), uma aeronave da Avianca Brasil foi temporariamente apreendida durante aproximadamente 2 horas e meia, após um oficial de justiça impedir a execução do voo 6173, de Brasília para Congonhas (SP).

A rota seria realizada com uma aeronave Airbus A320, a decolagem estava programada para 19h00.

O voo foi impedido pois dois arrendadores de aeronaves da Avianca Brasil conseguiram no TJ-SP uma determinação para apreender aeronaves da companhia, 13 no total. Duas dessas aeronaves estavam em Brasília, sendo um A319 e um A320-200.

A Avianca Brasil já conseguiu reverter a decisão judicial, e programou o voo para ser realizado às 22h00.

Em nota a companhia disse que “tomou as medidas necessárias, que os passageiros impactados estão sendo atendidos e que segue operando normalmente. A companhia entrou com o pedido de recuperação judicial no início do ano e, em março, assinou um acordo para vender uma parte da empresa para a concorrente Azul.”

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA