Olivier Dassault com seu pai Serge (falecido em 2018) em frente a um caça Rafale em 1997. Foto: Jack Guez/AFP.

Olivier Dassault, herdeiro da Dassault Aviation e deputado francês faleceu hoje à tarde em um acidente de helicóptero perto da pequena cidade de Touques, na região da Normandia. O piloto da aeronave também faleceu no acidente. 

Olivier era o filho mais velho de Serge Dassault (falecido em 2018) e neto de Marcel Dassault, que fundou a fabricante aeronáutica francesa, criadora da lendária família de caças Mirage.

Olivier também ocupava uma cadeira no Congresso Francês pelo Partido Republicano, além de ter fundado o jornal Le Figaro.

Foto: Regis Duvignau/Reuters.

Olivier era formado como piloto, engenheiro e oficial militar pela École de l’Air da Força Aeroespacial Francesa, instituição da qual era membro como Comandante da Reserva. 

Como piloto, ele bateu diversos recordes de velocidade com jatos executivos Dassault Falcon 50, 900 e 900EX. 

Segundo o Portal G1, Olivier deixou seu cargo no conselho do companhia devido ao seu papel político, a fim de evitar qualquer conflito de interesses.

Em seu perfil no Twitter, o presidente francês Emmanuel Macron prestou homenagens: “Durante a sua vida, nunca deixou de servir ao nosso país, a valorizar o seu patrimônio. Sua morte repentina é uma grande perda.”

Segundo a Forbes, Olivier Dassault era o 261º homem mais rico do mundo e 9º mais rico da França, com uma fortuna avaliada em US$ 6 bilhões. 

Até o momento, não há mais detalhes sobre o acidente.