Aeroporto de Congonhas

Começou a funcionar na última terça-feira (1º/06) um ônibus laboratório no Aeroporto de Congonhas, visando identificar mais rapidamente casos de Covid-19 entre as pessoas que desembarcam na cidade de São Paulo.

Todos os passageiros sintomáticos serão direcionados para a realização do teste RT-PCR no próprio terminal, diariamente, das 6h às 23h. A iniciativa agiliza a realização do exame, evita o deslocamento dos sintomáticos, e contribui com o isolamento social o mais breve possível.

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) segue as diretrizes do Programa Nacional de Imunização (PNI) e realizará os testes apenas em passageiros que apresentarem sintomas. A orientação inicial é realizar o isolamento social em casa até a liberação do resultado do teste.

Para viajantes que não possuam condições financeiras, estão reservados 60 quartos no hotel na região do Anhembi, para que o isolamento seja feito de maneira adequada.

Caso seja identificado algum caso com a variante indiana da Covid-19, o paciente será encaminhado para o Hospital Geral Guaianazes para o devido tratamento. A unidade, que pertence ao Estado, conta com 20 leitos de enfermaria e 10 leitos de UTI.

Na ação iniciada na última semana, a Covisa monitorou 68 voos e cerca de 6,8 mil passageiros, com sete sintomáticos. Todos foram encaminhados à UBS Jardim Aeroporto – Doutor Massaki Udihara, localizada a menos de 900 metros do aeroporto, para a realização do RT-PCR. O transporte foi feito com ambulância da rede municipal.