Passageiros no Aeroporto de Viena, na Áustria. Foto: EPA-EFE/Christian Bruna.

A ACI (Airports Council International) anunciou ontem (30) que as informações sobre medidas globais de saúde de prevenção à Covid-19 para aeroportos agora estão disponíveis gratuitamente no Apple Maps. 

Usuários de iPhone, iPad e Mac podem simplesmente pesquisar um aeroporto no Apple
Maps e encontrar a página na web do terminal sobre COVID-19. 

Ao usar informações coletadas de aeroportos por meio do Portal de Medidas de Saúde no ambiente web da ACI, o sistema captura novas medidas de resposta à Covid-19
implementadas nos terminais.

Informações mais detalhadas sobre as medidas de saúde
em vigor em aeroportos individuais ao redor do mundo também estão disponíveis no
aplicativo para celular Check & Fly da ACI e no portal de passageiros.

O aplicativo Check & Fly permite que os aeroportos comuniquem-se diretamente com os passageiros sobre oque esperar quando planejam viajar, ajudando-os a atender todos os requisitos e tornando as viagens mais agradáveis e eficientes.

Há um trabalho contínuo com os aeroportos para testar outras soluções que ajudem na recuperação do setor, incluindo um padrão para testes de saúde em aeroportos e informações de viagens.

“A retomada das viagens aéreas dependerá da confiança do passageiro na importância
que a indústria dá a sua saúde e bem-estar”, disse o diretor-geral global da ACI, Luis
Felipe de Oliveira. 

“Ter essas informações disponíveis no Apple Maps ajudará a tornar dados cruciais muito
mais acessíveis aos passageiros. Isso permitirá que planejem suas viagens e sintam-se
seguros de que sua saúde e segurança continuam sendo prioridade para a indústria, pois
todos trabalhamos para um retorno sustentado das operações e da conectividade global.
A colaboração continua sendo a chave para uma recuperação globalmente coordenada.
Somos gratos aos nossos membros pela parceria que estabelecemos para entregar esta
importante ferramenta que contribuirá para a reconstrução da confiança dos passageiros
nas viagens aéreas.”

As informações também estão disponíveis por meio de uma Interface de Programação de
Aplicativo (API) e todas as soluções são baseadas no padrão de Serviços de Informações
Recomendados pela Comunidade de Aviação (ACRIS), que permite que terceiros, como
companhias aéreas e desenvolvedores de aplicativos, acessem os dados.