Os aviões ainda possuem cinzeiro mas é proibido fumar a bordo: Porque?

O luxo dos anos 70 e 80 era comer caviar, ter drinks bem feitos, fumar charutos e cigarros a bordo.

Muitos vivenciaram o que se chama da era de ouro da aviação, basicamente era ter uma primeira classe adaptada numa classe econômica.

Hoje em dia, é quase inédito para os passageiros acenderem um cigarro durante um voo comercial. No entanto, apesar dos avisos e da pouca luz laranja de aviso acima de cada assento na cabine, as aeronaves ainda têm cinzeiros nos banheiros. Fumar a bordo é ilegal, mas os cinzeiros são um requisito obrigatório da FAA.

Na década de 1970, a United Airlines tornou-se a primeira a proibir seus passageiros de fumar na cabine. Depois disso, à medida que a conscientização sobre os efeitos prejudiciais do fumo à saúde se tornou mais conhecida, e o fumo em locais públicos perdeu sua popularidade, outras companhias aéreas também fizeram a mudança. Nos início dos anos 2000, quase todas as companhias aéreas do mundo proibiam o fumo a bordo.

A proibição de fumar protege a saúde dos passageiros e da tripulação de cabine em um espaço onde o suprimento de ar fresco já é um pouco limitado. Além disso, quase completamente elimina o risco de incêndio causado pelo fumo. Para a maioria das companhias aéreas do mundo, fumar na cabine não é apenas desaprovado, mas também é ilegal.

Nota do editor: Além de poluir o ar da cabine, a fumaça também causava o travamento das válvulas do sistema de pressurização da aeronave, bem como danos no mesmo.

Até hoje em dia são feitos anúncios pelos comissários antes da decolagem e o brilho persistente de um aviso laranja de não fumar sobre sua cabeça. No entanto, apesar da proibição do fumo a bordo, cerca de 20 anos depois, você ainda encontrará cinzeiros na cabine dos aviões.


A Federal Aviation Administration (FAA), explicou porque os cinzeiros devem estar presentes nas portas do banheiro, há uma razão bastante simples para explicar a inclusão desse item nas aeronaves.

Cinzeiros estão lá para os passageiros que fumam em aviões. É isso mesmo, apesar dos avisos e leis que proíbem o fumo a bordo, ainda existem clientes que tentam burlar a lei e continuam a desobedecer às regras.

No ano passado, um passageiro a bordo de um voo da Spirit Airlines foi pego tentando acender um cigarro em voo.

“O requisito para a presença de um cinzeiro na porta do banheiro ou próximo a ela fornece um local conveniente para o descarte de cigarros (ou outro material para fumar) e, assim, garante que haja um local para o descarte desse material no caso da política de “não fumar” ser desrespeitada.

“Experiências e relatórios anteriores mostraram que existe uma alta probabilidade de que essas pessoas possam depositar o material de fumar aceso no papel higiênico ou no receptáculo de linho quando não houver um local seguro e conveniente para descartá-lo; essas ações podem resultar em incêndio a bordo do avião”, disse a FAA.

É claro que as companhias aéreas não toleram fumar dentro da cabine, até mesmo porque é contra lei, mas devem estar preparadas para todas as eventualidades. Dito isto, a presença de cinzeiros não dá aos fumantes a luz verde para negligenciar a segurança de outros ocupantes.

 

DEIXE UMA RESPOSTA