Outubro bom para o turismo: Aeroporto do Recife com 47% a mais de voos diários

Aeroporto de Recife

A tendência de crescimento nos resultados do Aeroporto do Recife vista nos últimos meses deve se repetir em outubro. Impulsionado pelo feriado de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil, o terminal da capital pernambucana deverá contar com 116 voos diários, segundo a previsão anunciada pela Anac e análise do Setor de Estudos e Pesquisas da Empetur. O valor representa um aumento de 43% em relação aos voos previsto para setembro.

O fluxo diário no terminal pernambucano supera outras capitais, como Salvador (com 82 voos) e Fortaleza, (55). Em uma expectativa mensal, estima-se que o Aeroporto Internacional do Recife alcance 3.592 pousos e decolagens ao longo de outubro, 47% a mais que no mês anterior. A expectativa para Salvador é de 2.532 voos, enquanto Fortaleza projeta 1.720.

“A retomada do Turismo em Pernambuco é fruto do esforço do Governo do Estado em
seguir o Plano de Convivência para o setor. Esse planejamento bem articulado com diversos colaboradores do trade, como as companhias aéreas, por exemplo, nos ajuda na afirmação de Pernambuco como um destino de peso na região e no Brasil “, destaca o secretário de Turismo e Lazer, Rodrigo Novaes.

A posição da malha aérea em outubro foi alcançada através das 23 ligações diretas realizadas a partir do Aeroporto do Recife, sendo 21 delas para destinos nacionais e mais 2 voltadas a destinos internacionais. São eles: Aracaju, Belém, Brasília, Campina Grande, Confins, Fernando de Noronha, Fortaleza, João Pessoa, Juazeiro do Norte, Maceió, Manaus, Natal, Petrolina, Rio de Janeiro (Galeão e Santos Dumont), Salvador, São Luís, São Paulo (Congonhas, Guarulhos, Campinas), Teresina, Lisboa, em Portugal e Ilha do Sal, em Cabo Verde.

Importante ressaltar que a previsão da Anac aponta todos os voos autorizados a serem realizados pelas companhias aéreas, cabendo às empresas a confirmação e operação das rotas. 

 

Via: Secretaria de Turismo e Lazer de Pernambuco

DEIXE UMA RESPOSTA