P600 AEW: A aposta da Embraer para a aviação de alerta aéreo antecipado

A Embraer postou em seus stories do Instagram oficial um de seus projetos futuros, o P600 AEWC, o avião de alerta aéreo antecipado da Embraer.

O jato é um Preator 600, um dos últimos lançados pela empresa brasileira. A aeronave em sua versão militar vai dispor de sensores de última geração que vão trazer para os clientes os mais precisos dados de alvos inimigos.

 Em 2019, a Embraer assinou um Acordo de Cooperação Estratégica com a ELTA subsidiária da Israel Aerospace Industries (IAI), para a produção do P600 AEWC, a assinatura do acordo aconteceu durante o Paris Airshow daquele ano.

Embraer Preator 600- Foto; Embraer

O sensor primário do jato é o radar AESA (Digital Active Scanned Array) de 4ª geração da IAI / ELTA com capacidade de IFF integrada.

“A Embraer Defensa & Segurança fornecerá a plataforma aérea, sistemas de solo, sistemas de comunicações e integração de aeronaves, enquanto a IAI-ELTA fornecerá o radar AEW, SIGINT (inteligência de sinais) e outros sistemas eletrônicos. O P600 AEW abrange o crescente mercado para capacidade aeroembarcadas de inteligência, vigilância e reconhecimento para países que buscam soluções economicamente viáveis, de alto desempenho e flexíveis para missões de defesa e segurança interna,” disse a Embraer em uma nota.

A aeronave pode fornecer imagens situacionais de aérea integradas e estendidas monitorando a atividade aérea em áreas para cobertura dos radares terrestres.

Além disso, o P600 AEW pode ser configurado com uma vasta gama de sistemas de sensores de controle para alerta antecipado, incluindo a 4ª geração de radar AEW AESA Digital, IFF civil e militar, ESM/ELINT com capacidade de recepção de ameaças-radar, comando e controle, pacote de comunicação abrangente, incluindo redes de dados e links via satélite, além de um robusto sistema de autoproteção (SPS).

As missões do são vastas, o P600 AEW pode atuar em missões de defesa aérea, alerta antecipado, comando e controle, eficiência da frota de combate, defesa territorial e vigilância marítima.

“Ele pode ser facilmente configurado para atender às necessidades do cliente e poder executar uma ampla variedade de missões de uma maneira mais eficiente e econômica”, disse, ackson Schneider, presidente e CEO da Embraer Defensa & Segurança.

“Como parte da nova estratégia da IAI, estamos intensificando nossas colaborações com empresas globais, alavancando o know-how e a tecnologia acumulada ao longo de décadas de operações nas áreas aeroespacial e de defesa. Como pioneiros dos jatos executivos AEW, a ELTA Systems fez grandes progressos ao longo dos anos para oferecer recursos AEW econômica para as crescentes necessidades globais ”disse Yoav Tourgeman, presidente da ELTA e vice-presidente executivo da IAI.

E-99M Foto – FAB

O P600 AEW poderia ser um substituto para nossa atual avião de alerta aéreo antecipado da FAB, o E-99M, as aeronaves são operadas pelo Esquadrão Guardião, aeronaves derivadas do ERJ-145.

Os aviões são operados a partir da ALA-2, em Anápolis-GO. No ano passado o Guardião recebeu seu segundo E-99M, a versão modernizada da aeronave.